Plataformas Vibratórias na fibromialgia

FibromialgiaA Fibromialgia é uma doença silenciosa que torna a vida de quem a possui um sofrimento. Apesar de não ter cura é possivel hoje em dia melhorar a qualidade de Vida das pessoas com  fisoterapia recorrendo  à utilização das  Plataformas Vibratórias .

Esta doença é caracteriza por uma fadiga constante , dormêmcia e sensação de Formigueiro nas extremidades do corpo, rigidez ao acordar  entre outros sintomas que podem ser minimizados por uma prática de atividade Física moderada ao longo do tempo e uso de medicamentos.

O profissional de Saúde vai tentar que use a Plataforma vibratória de uma forma gradual e com baixa intesidade para que o seu organismo se adapte ao esforço e vá aumentado a sua capacidade de resistir a mais .

Por outro lado graças aos movimentos Vibratórios vai conseguir um aumento do relaxamento muscular, e ainda vai obter resultados surpreeendentes nadiminuição da dor e rigidez articulares . Para além deste efeito é possivel que se consiga diminuir o atrito entre , articulações  tendões e tecido adiposo por conseguinte dores.

Por estes motivos existem cada vez mais casos de sucesso na utilização das plataformas vibratórias contra a Fibromialgia.

4 comentários em “Plataformas Vibratórias na fibromialgia”

  1. OLÁ !
    LI SUA REPORTAGEM E QUERO UM ESCLARECIMENTO, TENHO UMA ALUNA DE PLATAFORMA QUE O ORTOPEDISTA PROIBIU O USA DA PLATAFORMA VIBRATORIA. ELA APRESENTOU UM QUANDOR DE FIBROMIALGIA.ELE PROIBI O MOVIMENTO DA PLATAFORMA.
    VCS. TERIAM MAIS CONTEUDO PARA ME ENVIAR?
    ESTOU PESQUISANDO E NÃO ENCONTREI NADA AO CONTRARIO.

    MUITO OBRIGADA

    CECILIAKUNZLER

    1. Eu tenho Fibromialgia e meu médico disse que não tem coisa melhor…, inclusive pediu que por um tempo eu até parece com os exercicios que fazia na academia… mas sugeriu a plataforma.

    1. Danielle , isso vai depender da sua condição física e de como se sentir ao usar a mesma, não existe um valor padrão para todas as pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *